segunda-feira, novembro 13, 2006

Kepha

Essa coisa do amor estremecido no medo e insegurança perante a própria estranheza do amor.

É o mundo estremecendo perante a violência que o amor nele perpetua, a contradição dum abismo da sua, e nossa, primeira natureza.

Isto de fazer igreja não trata apenas de executar o amor divino, é também a acção de o negar, de lhe resistir com toda a nossa fechada e amedrontada humanidade.

O que nos vale são os anjos e os santos.

Isto é, Deus em nós, e connosco, apesar de tudo.

28 Comments:

Blogger Klatuu o embuçado said...

Sim, Vitor, os santos e os anjos...
Mas o amor é pura contaminação... é caminho e provação... e só a Sabedoria nos pode salvar.

Abraço.

2:20 da tarde  
Blogger Daniel said...

os santos? quais santos...
O amor é contaminação?.... como assim!
Deus amou!!! Dizer isso é dizer que Deus contaminou e contaminou-se com algo...

10:18 da tarde  
Blogger EL HIPPIE VIEJO said...

CON LA MIRADA PUESTA EN EL ALTÍSIMO , NUESTRA VIDA TIENE VALOR .

UN ABRAZO

ADAL .

GRACIAS POR AGREGAR MI LINK A TU ESPACIO .

3:15 da manhã  
Blogger Ver para crer said...

Deus super omnia. Acredito e aceito.

6:19 da tarde  
Blogger Ver para crer said...

Deus super omnia. Acredito e aceito.

6:19 da tarde  
Blogger NaSacris said...

Vitor
É esse "apesar de tudo" que me consola.
Abraço

7:44 da tarde  
Blogger Daniel said...

Victo mácula, venho por este meio informar informar-te que já respondi à tua questão e que espero que passes por lá para a leres.

É o Biblos...

9:53 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

Sim, Klatuu, a sabedoria do amor, que pode preencher as ideologias e mantê-las abertas ao vivo :P Ver comentário em post anterior…

Pois que depende do que se entende por sabedoria… Para além de não poder saber-se Deus em si, o saber enquanto contemplação, produção e análise de conceitos é um momento e movimento exterior, ou retraído, relativamente ao imediato vivido. E é neste que também existimos, e que a realização do saber impele. E só o amor movimenta e dá luz (a saberes e ao que fôr).

Claro que não estamos aqui a falar apenas do amor enquanto sentimento e paixão – mas também… Trata-se do querer conhecer, do querer relacionar-se e do querer bem… No fundo, do querer ser…

Talvez aqui regresse com tal tema. Mas o comentário anterior por ora chegou-me, ufa ! ;)

Abraço

2:10 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

Caro Daniel.

Não te agarres tanto às palavras na sua superfície, pá, e espreita o jogo de sentido em que se inserem e lhes doa o significado… Se Deus é algo de outro relativamente à tua natureza, a comunhão com Ele transforma-te a partir de fora de ti… És contaminado a partir de dentro por algo que não és. Por exemplo, e por mim – não falo pelo embuçado, por motivo nenhum a não ser que não sou ele, e também porque ele fala suficientemente bem por si ;). Estou apenas a exprimir a minha impressão relativamente ao que os teus comentários (e não apenas este :P) mostram da tua leitura dos dislates que para aqui vão.

A defesa impensada duma pureza de Deus pode ser um tiro pela culatra :P

E pois os santos… only God knows, baby, poder-se-ia dizer :P Seria interessante ler a frase seguinte, e também se poderia então dizer: tutti quanti, quando é Deus que os exprime e faz viver directamente. Ler S. Paulo também poderia ser uma ideia interessante :P


Abraço.

PS: E deixa-te lá contaminar pelo amor, que não faz mal a ninguém. Deus é o veneno que cura ;)

2:12 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

Caro Hippie.

Não tens mesmo de quê.

Me gusta mucho a tua resistência ;)

Um abraço.

2:12 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

Caro Ver para Crer.

Spíritu Sancto omnia facit.

Abraço.

2:14 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

Pedro, caríssimo.

Podes crer ;);)

Abraço pois, nesse apesar.

2:16 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

Já passei, Daniel, deixando pegada... ;)

2:17 da tarde  
Anonymous malu said...

Ou o anjo, o santo que existe em nós e que tememos reconhecer?

4:48 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

Oh sim, Malu, o curioso pânico da verdade de nós... Preferimos olhar o espelho que a nossa imagem, já dizia um outro... Beijos, e bom domingo... PS: E também o pecado tememos reconhecer...

3:52 da tarde  
Blogger Andante said...

"Deus é o veneno que cura"
O problema é que nem anjos nem santos, apenas venenos...
A maior parte das vezes Recusamos esse Veneno e enfrascamo-nos com todos os outros venenozinhos.

Beijos peregrinos

5:16 da tarde  
Anonymous victor santos said...

Nós podemos escolher a nossa car¬reira, o nosso cônjuge, nossos passatempos e muitas outras partes da nossa vida, mas não podemos escolher o nosso propósito.
O propósito da tua vida cabe em um outro propósito muito maior que o teu.
Para que não dependa dos "anjos e santos" nós temos que ampliar a nossa visão. Normalmente aquilo que vimos é o que nós pensamos. Nós somos muito moldados pelas circunstâncias ao nosso redor, nós somos muito influenciados pelo aquilo que vemos.
Por isso o segredo de atingir os alvos é aprender a diferença entre um alvo e um desejo. Esta compreensão pode significar a diferença entre o sucesso e o fracasso, entre a vida e a morte.
A única pessoa que pode bloquear um alvo ou torna-lo incerto ou impossível somos nós mesmos.

O que nos vale é Deus :)

Um abraço deste teu visitante.

visite o meu blog:
victoribad.blogspot.com

1:36 da manhã  
Blogger Lord of Erewhon said...

«Daniel na Cova dos Leões»

(Lamenta-se um leão para o outro)
- Foda-se!! Outra vez hamburguer de minhocas!

P. S. Abraço, Vitor...
:)

3:12 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

Querida Andante.

Certamente. Mas é relevante o aviso do amigo Paulo: não comer carne quando ainda se tem estômago de leite ;)

Tudo isto é um misterioso trajecto.

Leite ou carne, que se entregue ao segredo de Deus, é no fundo o que importa e conduz.

Beijos em trajecto, ó peregrina.

8:49 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

Caro Victor Santos (bolas, nem de propósito a rima dupla do seu nome ;)

Percebo. Mas põe-se um problema prático: um alvo sem desejo não move a seta. Torna-se uma bela imagem que não interiorizamos na carne da nossa vida. É preciso configurar tudo a Deus, das unhas à alma.

Claro que se trata de transformar a nossa primeira natureza, digamos assim, o que não podemos fazer a partir dela, que a isso mesmo resiste e simultaneamente anseia.

E o que nos vale, claro2… é Deus ;);)

Um abraço.

8:55 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

Hem, Bispo... A MacDonald' s já chegou à Cova dos Leões?... Não me admira, raios os partam...

Eles já estão no Tibete. No dia em que os monges aderirem a essa alimentação, acabou-se o budismo...

Esperemos que os leões comam o MacDonald em vez do hamburguer... ;);)

Abraço.

8:59 da manhã  
Blogger Lord of Erewhon said...

Tens é que te preocupar que o lobby dos monges do Tibete, aliado ao McDonald's... não te comam o Vaticano! :)

5:22 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

Sieur, sabes que numas jornadas católicas quaisquer em Espanha o ano passado, a alimentação dos peregrinos foi assegurada precisamente pela… MacDonalds !... Já para não falar dos abraços romanos entre o vaticano e o sr. Berlusconi… Não queiras dar uma indigestão aos budistas… Só o Dalai Lama, dado o seu lado institucional, talvez tivesse estômago para tal :P

1:22 da tarde  
Blogger Lord of Erewhon said...

Quanto custam os santinhos hoje? Mais, ou menos, que um Big Mac? :)

12:46 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

Não sei bem quanto custam... Mas ouvi dizer que custam bem mais que uma sandwich... É um bispo português que está à frente do negócio... ;)

10:40 da manhã  
Anonymous pedro aurelio said...

Olá querido irmão/ A e com muita alegria que encontro mais um blog a ser dedicado a este grande Deus, gostai muito da forma que o querido/a irmão fez o seu blog esta muito criativo e bem construído que Deus continue abençoar este grande trabalho.
Querido irmão/A também tenho um blog meu qual chamo o oficial gostava muito de que o irmão/a visse e deixa-se uma opinião, e muito importante para que eu possa cada vês fazer melhor o endereço do blog e este que passo a mencionar,


http://pedroaurelio.blogs.sapo.pt/

Querido / O Irmão será que posso mencionar o seu blog no meu

Que Deus a abençoe ricamente a sua vida e dos seus, fique com a paz do Sr.


Esperou pela sua visita.

Querido irmão será que me pode linkar o seu blog, para que o meu blog possa ser visto cada vez, porque nunca se sabe quem pode ver no outro lado de lá, pode estar uma alma sedenta de sede.

9:00 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

Caro Pedro Aurélio.

Já me pediu tal há uma ou duas semanas, e assim fiz na altura, exceptuando a opinião.

Já são muitos blogs e poucas horas do dia e da cabeça ;)

Um abraço.

3:33 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

1:56 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home