segunda-feira, novembro 10, 2008

Luz

Já me perdi, disse ele de repente. Já não percebo nada disto. E no entanto, tudo lhe corria bem, como se costuma dizer. Nada mudara.

13 Comments:

Blogger Gotik Raal said...

Awakenings...

Abraço,
Gotik Raal

1:24 da manhã  
Blogger Klatuu o embuçado said...

O sarcófago dos dias e da inconsequente vida burguesa...

Abraço.

1:36 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

... in the dark.

aka em linguagem de escuteiro: é preciso perder-se para se encontrar.

abraço, Gotik.

PS: e eu nunca fui escuteiro LOL

11:46 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

huuum... sim, pode intensificar-se na alienada actividade dos lepidópteros burgueses (em que toda a vida é aferida a partir da produção de bens, serviços... mensuráveis e classificáveis no supermercado existencial dos trabalhos e lazeres).

mas toda a vida tem o seu sarcófago.

abraço, ó do machado

11:50 da manhã  
Blogger Vertigo said...

Sem mapa é que a gente vai bem ;)

Um beijo

1:01 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

ou: os passos fazem o trajecto ;)

eu geralmente uso a meia-meia: um mapa aberto ao acaso e ao inesperado. um mapa interactivo como uma planta ou um orgão, ligeiramente amarrotado.

beijo, vertigo

6:45 da tarde  
Blogger biazinha said...

A luz ilumina as trevas, mas as trevas não conseguem escurecer a luz...
Observem que através da polarização da luz foi formada uma manchinha verde com formato de coração...
Coincidência?



(A coincidência é uma das formas de linguagem que Deus usa para falar com os homens, mas é preciso estar afinado com a sua luz, para perceber o que é mensagem e o que não é...”
(Albert Einstein)

Beijo.*
PS: Comentei o teu texto no Bar.

8:20 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

ah sim, o acaso é uma das linhas de força do meu mapa ;)

bjoca, biazinha

11:44 da manhã  
Blogger Morgana La Folle said...

Não terá mudado ele...?

Um beijo.

6:43 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

Tomado consciência, porventura, sim, algo ocorreu nele; possibilidade de trans-mudação... ;)

beijo, morgana

2:31 da tarde  
Blogger biazinha said...

e por não entender de onde se origina o fogo, nem como ele expande sua luz,
o homem o considera criado por Deuses.
notando que a luz o liberta das trevas e defende dos perigos,
considera toda luz sagrada e toda a escuridão profana.
em seu hábito de tentar possuir tudo o que o atrai, tenta dominar o fogo,
para, através dele, capturar a luz.

não sabia ainda que
sagrado é o Universo inteiro.
Et lux perpetua luceat eis !

Beijos.

12:39 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

sagrado sim, mas não divino: a criação exprime o divino, mas não o constitui.

e por isso há possibilidade de trevas fundas e inumanas: dessacralizando o universo, des-ligando-nos da relação com o divino.

cegueira que não impede, claro, que a luz fulgure em todos os lugares e seres.

beijos

4:34 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

2:13 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home