segunda-feira, dezembro 17, 2007

Do servo e livre arbítrio

Temos um espelho curioso e tenaz. Porém em nós, somos a tensão de manipulação do outro em nosso proveito, em nosso máximo proveito. Somos os violentadores do outro, os salteadores da sua carne, deuses déspotas do nosso fechado e fugidio universo. Por dentro tanta maldade e confusão, susto mortal. Tudo depende do tamanho da nossa mentira, da tenacidade espelhada. Nenhum de nós, mesmo nenhum, aguentaria ver-se a si próprio na verdade, nem sequer num piscar de olhos. E é sabendo disso, que de tal fugimos como o diabo foge da cruz, precisamente aliás. A ética e a estética, claro. Não passam da imagem da nossa mentira. O sorriso que espelhamos, pobres de nós, as tretas que contamos uns aos outros. Os mais convictos são evidentemente os mais perigosos, os que propagam o mal com mais cegueira. Mas o que é incompreensível, absolutamente, é que o inverso seja igualmente verdade: o sentido de todos os nossos anseios, ser a bondade e a beleza. E no entanto, é confusamente o que se passa, e nenhum juízo humano pode dar conta de tal. Isto também se propaga, também se desenha, e só a voz dupla nos dá rosto, a beleza e a maldade, o crime e a santidade, a ira e a ternura. Olhar a história da humanidade, assim como a nossa própria e pessoal, é contemplar o impossível desenrolando-se. O assassinato e violação contínuos entre mães, pais, filhos, assim como o seu mútuo amor e alegria. É por isso que só a cruz nos define, uma negação, uma intercessão de contrários. A monstruosidade esplendorosa de que falam os mais lúcidos, os da lucidez que dói mais. E o mais estarrecedor, é sabermos que não estamos em nós, em nenhum momento, nem quando destruímos e oprimimos, nem quando cuidamos e libertamos. Onde afinal o nosso lugar, dá ideia que não sabemos, mas apenas entrevemos, sonhamos. Isto parece um monólogo de bêbedo, claro, ou uma impressão deprimida duma solidão assustada, o que pode confirmar-se pelo próprio sentido do que é dito: são precisamente os mais perdidos dentre nós, que sabem o que se passa connosco, eles que tocam o fundo. São aliás eles, os primeiros a reconhecer o deus que revela, e não os legalistas, que com o seu saber, expulsam a verdade dos templos.

8 Comments:

Blogger rosa-roedora said...

Discriminação negativa, discriminação positiva. de algum modo a distinguimos, curiosamente uma floresce na flor da outra, ambas de raizes para o ar e a cabeça no vaso.

kiss kiss darling!

11:37 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

cara rosa-roedora

kitsch kitsch calling, ou se preferirmos: mas a indiferenciação é sintoma de indiferença, ou ainda: looooooove… is the answer

a frase mais racista que já ouvi foi da minha avô, já falecida: eu cá não sou nada racista, para mim são todos brancos

outro falecido, vizinho de minha mãe quando miúda, arreliava as pessoas desenterrando-lhes as flores e plantas do jardim e replantando-as com a raiz para cima. dizia ele: é a raiz que precisa de estar à vista e ao sol. não sei se o lobotomizaram.

abraço

5:04 da tarde  
Blogger Marco said...

Votos de um Feliz Natal!

10:33 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

Obrigado, Marco, e um santo e baha'i'ano Natal para ti :)

3:02 da tarde  
Blogger Terpsichore E. M. said...

Grande post Vitor -

mas agora, com muita pressa, queria só dizer que telefonei àquela senhora de que me mandaste o mail...para me informar melhor, para poder espalhar a mensagem: o marido dela já morreu há muitos meses.
O que não quer dizer que não se possa espalhar o resto, claro.

Bom Natal!

Beijinho!

1:56 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

Obrigado, Terpsichore

bjinhos e bom natal

11:37 da manhã  
Blogger Terpsichore E. M. said...

Fiquei a saber em que consiste a dádiva de medula óssea. E porquê a necessidade, as dificuldades, as complicações. É.
No entanto vale ainda muito mais, (o que não exclui socorrer também quando o mal já está feito, claro) quem batalhe contra as substâncias cancerígenas que cada vez mais dominam a nossa Terra, e vida, e que as pessoas dão às criancinhas a beber, etc.
É tudo uma gigantesca hipocrisia.
A maneira de acabar com o cancro é acabar com os cancerígenos.

Beijinho Vítor

6:06 da manhã  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

2:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home