segunda-feira, março 14, 2011

Eco

Fui instigado por um raio de luz (Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. - Jo 10, 10) a frasear uma escolaridade:

Um tremor os tomou, aí, como a dor daquela que dá à luz.
Salmos 48, 7

e passo a cábula ao Thiago M. do Aliquando, cujo link ainda nem actualizei: trata-se dum blogue que muda periodicamente de morada virtual; e poderia ecoar-se melhor o estremecimento abrâmico, do que com uma habitação em que a voz de Deus ressoa em todos os gestos e recantos, e que muda de lugar sopro a sopro, como o transeunte que passa e a brisa que arde?

9 Comments:

Blogger maria said...

:)

mas que belíssimo eco, mano!

(e boa a novidade...bem que não tinha apagado a "porta" é só acertar com a "chave") ;)

bjs

9:41 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

:)

1:38 da tarde  
Blogger Fa menor said...

Olá!
Perdi aqui o rasto da frente "Abraão da Quadragésima.com2011, vinda do Confessionário dum Padre.

Por onde será que ela anda? gostaria de a seguir...

9:38 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

olá, Fá

perder rastos ou desviar-se do caminho previsto são excelentes sentidos abrâmicos ;)

penso que está em latência com o Thiago.

abraço

12:05 da tarde  
Blogger Fa menor said...

Oh! mas veja se entra no trilho... ou então passe a outro, vá lá. A Quadragésima não pode parar :)

7:44 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

bem, eu tenho deveras uma costela bárbara, mas a minha costela cortês impede-me de atropelar alguém que valse mais pausadamente lol

o Thiago aceitou o convite.

1:34 da tarde  
Blogger Fa menor said...

Boa! :)

2:02 da tarde  
Blogger Fa menor said...

E então? nunca mais consegui seguir esta frente :(

10:33 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

olá, Fá

ainda está suspensa com o Thiago.

ou então uma das inúmeras citações bíblicas que ele tem feito nos últimos posts corresponde à sua resposta; se fôr caso disso, o "passar a outro" está tão subtil como a respiração do anjo quando nos observa dormindo ;)

beijo

7:51 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home