segunda-feira, abril 06, 2009

Bazófia das dez da manhã

Um suave amor em certas manhãs sem confusão, o ambiente de sussurro de tal reconhecimento, na familiaridade do deus enquanto criador; o rosto do ser e da morte, a nossa própria vida; porque não apenas na anterioridade de tudo, deus é no encontro anterior a essa anterioridade; a comunhão pura, brutal e abissal, dentro do próprio abismo; o amor advém de que já a nossa mais frágil e veemente fé, vive na desmesura substancial do próprio deus; e é desde já e antes de todo o agora, que esse para lá de nós inscrito na fé, fulgura de conexão e revelação; é portanto a força mais frágil que é fulgor na fé, os olhos do vivente depostos no amor que são a morte abismada perante Deus, que são a morte disso que somos fora do olhar de Deus, desviados do acto que continuamente nos cria; quando a consciência de si, e o próprio entendimento, se apropriam de si nesse fogo tempestuoso da brisa suave, e tudo mais, o universo mesmo na sua totalidade; a primeira inscrição da cruz é o todo, de si e da vida, uma espécie de misticismo absoluto, a plenitude de tudo termos propriamente nosso em Deus; e que tudo, absolutamente tudo do que não temos nem somos é-nos verdadeiramente oferecido; a reunião absoluta, eis o mistério da cruz, no céu que se rasga e na terra que se abre; o clamor da vida depois de morrermos, e tudo mais para lá de tudo, eis o que nos é dado e que somos para lá de nós e do todo; a fé é esta escuta cantante da própria vida abismada, e que nessa alegria se faz pura e intensa dádiva; uma abertura ao outro e ao mínimo detalhe e acontecimento da vida que nos atravessa e atravessamos, como um fogo que sai de dentro de tudo e se alastra fulgurando toda a treva, uma coisa impensável, uma deflagração no horizonte dos horizontes; é que na verdade, tudo o que possamos ser ou fazer ou dizer pode habitar esse assombro, em que tudo é belo e bom a partir do seu próprio fundo; e que a partir de , desse fundo que lhe é plenamente próprio em doação do próprio deus criando, se reúne a tudo seja o que fôr, para lá de si num encontro infindo, alegre, feroz, atento até mais sempre; dialogamos e somos e vivemos em puro assombro encandeado, eis o que seria um modo de o dizer à boa maneira fradesca; qualquer palavra proferida ou calada, no seu limite cantante, invoca a própria vida, mesmo e precisamente quando em negação que gira e volteia; e todo o acto tem no seu príncipio a dinâmica do ressuscitado; brinquemos pois, diz o frade, na alegria do pão rasgado; aprende-se muito com a fecundidade do pouco, é o que se diz no cenáculo de Deus, sempre que o festejamos; é assim que a essência do diálogo e da comunhão é fulgurantemente sustida no próprio deus, e que há sempre igreja; enfim, é uma ideia estranha, é certo, uma alegria indolente e persistente, a rede dos dias e das noites quando estes se abrem no eterno, quando estes se abrem em Deus e no tempo, quando estes se abrem e entregam, é isso a semente; é aí, diz o pão, depois de partilhado; o resto, ainda é conversa de surdos, ainda é convite de porta fechada, ainda é negociação assustada; ainda não é a ressurreição de cristo.

7 Comments:

Blogger Lord of Erewhon said...

Abençoada bazófia! :)

Uma Santa Páscoa, cristão...
Abraço!

1:56 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

palavras, palavras, palavras, e sobretudo: método na loucura. ou como diria Abraão: para chegar lá, onde verdadeiramente estamos, devemos passar-nos sem trespassar nas passagens ;)

abraço, ó poeta!

3:05 da tarde  
Anonymous Luccas Florencio said...

DEUS ABENÇOE ! PARABENS PELO BLOG !

3:24 da tarde  
Blogger Vítor Mácula said...

bem, a dialéctica entre o médico apóstolo e as histórias florentinas é dinâmica dos mais belos e vertiginosos anseios LOL obrigado, Luccas, um abraço em Deus

4:01 da tarde  
Blogger Lord of Erewhon said...

O único, o inigualável, o todo poderoso: HOMEM BORBOLETA!! :)

4:49 da manhã  
Blogger Vítor Mácula said...

LOL

mas será borboleta-larvar: o daqui para ali conjugado no infinito é a vertigem sustida vertiginosamente. e é a loucura que sustém, e o método que gira e se desloca ;)

1:44 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

2:17 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home